Type
Article
Title
Ser um homem de estado é ser um historiador na ordem prática ação política e historicidade em J. G. Droysen
In
Revista de Teoria da Historia
Editor
BR
Volume
21
Number
1
Pages
32 - 48 p.
Abstract
PT
A tese defendida aqui será a seguinte: a reflexão de Droysen constitui uma configuração tópica para a modernidade política em geral, uma conjuntura durante a qual se trata de fazer das ciências históricas (metodicamente reguladas), e das culturas históricas produzidas publicamente, a “ciência real” de toda uma propedêutica política (embora não exclusivamente política). Trata-se doravante, durante esse momento singular, de argumentar a necessidade de fundar uma nova cultura política, a saber: a de um racionalismo político liberal e prudencial, porquanto auto-historicizante e autorreflexivo.

BIBLIOGRAPHIC QUOTE
EXPORT